Abrir uma lanchonete: Sete dicas que vão te ajudar a ganhar dinheiro

O artigo de hoje é bem especial! Recebi alguns pedidos por comentário e resolvi atender aos leitores do blog explicando tudo sobre abrir uma lanchonete! Exatamente! Vou te apresentar sete dicas que vão te ajudar a montar e ganhar dinheiro com o seu estabelecimento.

Muita gente tem o sonho de ter a sua própria lanchonete, mas quanto finalmente tem a oportunidade acaba tendo prejuízos e tudo se transforma em um grande pesadelo. Isso acontece principalmente pela falta de conhecimento.

Como você já deve saber, o Negócio de Cozinha foi criado para ajudar você a construir o seu negócio em casa e crescer! Se chegou a hora de montar a sua lanchonete eu também vou te ajudar, pode ter certeza!

Então tudo que eu te peço é que fique comigo até o final dessa leitura. Essas dicas para abrir uma lanchonete são simples e poderosas. Elas te darão a oportunidade de começar do jeito certo e já se destacar dos seus concorrentes.

Lembre-se, no entanto, que de nada vai adiantar você ter conhecimento se não coloca-lo em prática, hein? Então coragem! Você pode tudo que você quiser e eu estou aqui para te provar isso.

Vem comigo, aprenda a abrir sua lanchonete e comece ainda hoje a mudança que tanto sonhava para a sua vida!

Abrir uma lanchonete dá dinheiro?

abrir uma lanchonete

Claro que dá! Quantas lanchonetes de sucesso você vê por aí? O que não faltam são boas lanchonetes que vivem lotadas. Só que não precisa ser uma rede grande para ganhar dinheiro, até mesmo uma pequena lanchonete vale a pena.

O que você precisa colocar na sua mente é que nada nessa vida, por mais que tenha potencial, dá retorno sem um bom planejamento e sem muito trabalho e dedicação de quem está à sua frente. Você já parou para pensar nisso?! Abrir uma lanchonete de sucesso significa trabalhar duro!

O quanto você ganhar depende de muita coisa, mas é possível estimar que uma lanchonete pequena consiga faturar entre R$3.000 a R$5.000 por mês, enquanto que uma estrutura maior consegue ter um faturamento superior a R$15.000 ou R$20.000.

Não importa se você vai começar grande ou pequeno, o que vale de verdade é a sua mentalidade o seus objetivos. Quando a gente sabe aonde quer chegar e trabalha para isso o universo conspira ao nosso favor.

Se você já sabe que abrir uma lanchonete dá dinheiro e que eu vou te dar dicas valiosas para isso, não deixe que nada no mundo te desanime, tudo bem? Vem aprender a ganhar dinheiro!

Outras ideias de negócios de cozinha para você:

Como abrir uma lanchonete: Sete dicas que vão te ajudar a ganhar dinheiro

Como prometido, você vai ser apresentado exatamente agora às sete dicas para abrir uma lanchonete que eu separei para você. Acredite: elas podem te ajudar a ter um negócio de sucesso, podem mudar a sua vida.

Então preste atenção e esteja pronto a coloca-las em prática, a lutar por todas elas e pelo seu futuro. Não deixe que mais ninguém te diga como será a sua vida, você tem o poder em suas mãos para fazer dela a melhor possível!

Pense nisso, ok? Então vamos lá!

#1 – Você precisa de planejamento

A primeira dica para montar uma lanchonete que tenha base sólida e capacidade para crescer é fazer um bom planejamento. Isso mesmo! Eu sei que muita gente acha essa parte chata (e pode até ser), mas ela é fundamental.

Quando você se planeja e organiza, consegue ter uma visualização do seu negócio como um todo bem antes dele realmente sair do papel. Isso é importante porque você consegue ver exatamente o que precisa fazer, o que tem que investir…

Também ajuda você a evitar erros e prejuízos – que são dois dos motivos que mais fazem com que as pessoas desistam antes mesmo de começar.

Já percebeu que precisa do planejamento, não é? Não precisa de nada muito elaborado! Pegue papel e caneta e comece a escrever!

#2 – Esteja no local certo

A localização da sua lanchonete precisa ser perfeita! Essa é outra decisão importante que você vai precisar tomar e que tem o poder de influenciar completamente o seu negócio.

O ideal é que você esteja próximo das pessoas. Quanto mais gente passar pela região melhor! Então analise quais são as áreas mais movimentadas e aquelas que são próximas a escolas, faculdades, centros comerciais e até a estações de trem/metrô/ônibus.

Não adianta escolher isso de qualquer forma. Se você tiver os melhores produtos e a melhor lanchonete do mundo, mas não tiver em uma área que as pessoas te vejam, em pouco tempo você terá que declarar falência.

#3 – Estrutura

abrir uma lanchonete dá dinheiro

A estrutura de uma lanchonete varia de acordo com o tamanho disponível, com os seus objetivos e também com o seu público alvo. Para ter mais certeza sobre isso você terá que fazer um planejamento incrível.

No geral, no entanto, a lanchonete pode ser dividida nos seguintes setores:

  • Cozinha;
  • Balcão onde se expõe os produtos e caixa;
  • Área de recepção para os clientes;
  • Banheiro (quando der);
  • Depósito para os ingredientes (que pode ser um armário somente).

Mesmo que o seu espaço seja bem pequeno, e esforce em manter um local que seja organizado e limpo. Para mim essas duas coisas são as mais importantes em relação à estrutura de uma lanchonete.

#4 – Equipamentos

Os tipos de equipamentos e a quantidade que você vai precisar vai variar de acordo com o seu projeto e principalmente com a sua estrutura. Essa visão que estou te dando é geral, mas você precisa moldar de acordo com a sua realidade, tudo bem?

Observe alguns dos equipamentos para abrir uma lanchonete:

  • Liquidificador;
  • Chapa a gás;
  • Fritadeira;
  • Micro-ondas;
  • Estufa;
  • Geladeira;
  • Freezer;
  • Fogão;
  • Espremedor de frutas;
  • Expositor;
  • Mesas e cadeiras (quando possível);
  • Pratos, copos e talheres;
  • Utensílios de cozinha.

#5 – Cardápio

Esse talvez seja o item mais importante na hora de montar a sua lanchonete. O bom cardápio será responsável não em atrair os seus clientes, como a fidelizá-los. Isso é fundamental e você precisa caprichar muito bem nisso.

Você pode montar um cardápio segmentado para algum tipo de lanche ou comida, mas o que eu posso te dizer de antemão é que existem alguns produtos que são um tanto “coringas” e que todo mundo gosta de comer.

Entre eles estão:

Se você conseguir colocar itens como esses no seu cardápio e eles forem realmente gostosos, o seu caminho para o sucesso estará meio caminho andado, com certeza!

Outra coisa importante sobre o seu cardápio é a precificação. Lembre-se de contar todos os seus custos na hora de colocar preço em um produto, sem falar que ele precisa ser justo e compatível com a concorrência próxima.

#6 – Trabalhe forte com a divulgação

Não dá para dizer como abrir uma lanchonete sem mencionar o quanto é importante divulga-la! Isso pode acontecer tanto pelo famoso e tradicional boca a boca, como por meio das ferramentas na internet.

Investir forte nisso vai garantir que mais pessoas conheçam o seu estabelecimento e que criem curiosidade e vontade de conhecê-lo. A internet, por exemplo, é para mim o meio mais importante e eficaz para isso.

Faça ao menos um perfil no Instagram, comece a divulgar seus produtos, faça promoções e aos poucos você vai ver os resultados.

Eu fiz um artigo outro dia explicando como vender doces pela internet e ele pode te ajudar a começar a sua divulgação – dê uma lida!

#7 – Seja inovador

Essa é uma dica que serve para todo mundo que quer começar um negócio, não só uma lanchonete. O mercado está cada vez mais concorrido e fazer as mesmas coisas que todo mundo não vai te ajudar a chegar longe.

Por isso fique atento a todas as coisas que estão acontecendo, ao que pode ser novidade, ao que pode surpreender as pessoas. Desde um ingrediente diferente, a uma promoção incrível… Qualquer coisa vale para atrair o seu público.

Se conseguir ser inovador, você vai se destacar dos concorrentes e ter um público fiel!

Agora só depende de você dar o primeiro passo!

como abrir uma lanchonete

O que achou dessas dicas para abrir uma lanchonete?! Eu espero que tenha gostado e que além de ter aprendido alguma coisa, você tenha se motivado.

Percebe o quanto você pode fazer por você? Abrir uma lanchonete ou tomar outra decisão é algo que você pode fazer por você mesmo, basta querer, basta acreditar e deixar tudo que te amedronta para trás.

Eu sei que nem sempre é fácil tomar uma decisão como essa, sei que dá um embrulho na barriga, mas vou te falar: É mais fácil se arrepender por não ter feito do que por ter tentado.

Coragem!

13 comentários Adicione o seu
  1. Boa noite!! tenho uma lanchonete dentro de uma faculdade,mais minhas vendas não estão boas. O que devo fazer para melhorar minhas vendas?

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Oi Uanderson, tudo bem?
      Primeiro você precisa identificar o que está acontecendo que as vendas caíram… São os produtos, o atendimento, ou está faltando algo?
      Uma boa forma de chamar as pessoas é fazendo promoções! Você também pode começar a trabalhar com um produto novo e não e esqueça de focar em um atendimento incrível.

  2. Quero montar uma lanchonete/açaí, você pode me relacionar onde comprar os utensílios da relação acima com preço em conta?
    Tenho um ponto muito bom e público alvo diversificado, lugar muito arejado e visível… apesar que tenho que partir do zero, pois é a minha garagem que fica na esquina muito movimentada…
    Parabéns por seu disprendimeto em orientar pessoas que estão iniciando, como eu…
    Estou fazendo fora do mercado há muitos anos e não tenho conhecimento deste ramo de negócio…mas pronta para aprender… Obrigada.

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Oi Josineide, tudo bem?
      Ainda não tenho essa informação, mas vou me planejar para fazer um artigo específico sobre os valores e as opções de lugares para comprar.
      Fica ligada aqui no blog e segue a gente lá no Instagram (@negociodecozinha) que aí você não deixa passar.

  3. Olá, estou pensando em abrir uma lanchonete, mas primeiro quero começar a vender o meu produto em locais diferentes, é uma Boa? O que aconselha?

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Oi Fátima, tudo bem?
      Acho uma ótima você começar a vender por conta própria mesmo, aí já vai conhecendo o mercado antes de fazer um investimento maior.
      Você tanto pode procurar por locais com grande movimento para trabalhar (como na frente de escolas, faculdades e hospitais), como também pode vender para estabelecimentos revenderem seus produtos (como lanchonetes, padarias, mercadinhos)…
      O importante é começar mesmo 🙂

  4. Olá boa tarde meu nome é Edna meu esposo tem um pequeno Bar bno meu bairro bmas tem muitos bares um do lado do outro eu estava trabalhando em uma empresa mas meu esposo não quer que eu trabalhe fora quer que eu fique com ele já pensei em muitas coisas pra. Colocar pra vender ainda não consegui colocar em prática quando penso em pôr em prática desisto antes mesmo de fazer quero saber se é medo de enfrentar ou é muita inveja de vizinhos que faz com que eu não tenha força de vontade.
    Agradeço se vc poder me direcionar essa situação que estou tentando enfrentar para derrubar essa barreira em minha vida em me tornar uma profissional. é um local muito bom.aguardo sua resposta.

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Oi Edna, tudo bem?
      Eu acho que é muito comum a gente ter medo e se sentir inseguro de começar algo, mesmo antes de tentar alguma coisa. Eu acredito em inveja, mas sou o tipo de pessoa que não me deixa levar por isso – a gente precisa se fortificar e impedir que essas coisas nos travem.
      O que eu acho é o seguinte: Faça com medo mesmo! O não você já tem, entende? Teste, faça sua parte e é só assim que você vai ver se vai dar certo ou não. A força de vontade vai vir com o dia a dia, enquanto você for lutando e trabalhando mesmo sem vontade.
      Comece o quanto antes e continue lutando! Certeza que as coisas vão dar certo aos poucos.
      Estou aqui desejando muita sorte e sucesso para você, viu?

  5. Wellington morais de Oliveira disse:

    Quero abrir uma lanchonete mais não sei quando de dinheiro precisa para eu não quebrar em 3 meses qual capital e Medo do aluguel e onde alugar pegar lanchonete passando ponto é um bom sinal?

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Oi Wellington, tudo bem?
      Esse medo é super normal, porque é uma decisão difícil e séria.
      Para saber quanto você precisa ter é preciso calcular todos os custos mensais que o seu negócio terá. O ideal é que você tenha alguns meses garantidos para que o negócio crie fôlego e comece a se pagar. As pessoas costumam ter de capital de giro de 6 a 12 meses.
      Em relação a pegar lanchonete que está passando o ponto depende. Por que o pessoal está fechando? Analise o movimento da região, veja se existe algum problema estrutural, se é seguro, se existem concorrentes. É um negócio que precisa ser feito depois de muita pesquisa e nunca pela emoção.

  6. Dina Batista disse:

    Oi meu é dina estou pénsando em montar uma lanchonete na minha casa pois tenho porta comercial tem mercado lojas e escolas por perto soq tem várias padaria q serve salgados será q vou consegui um bom resultado

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Oi Diná 🙂
      Parece que a localização é muito boa, isso já é meio caminho andado.
      Agora o negócio é investir em produtos de qualidade e em muita divulgação.
      As coisas podem levar um tempo para acontecer, mas é com persistência que dá certo.
      Se planeje direitinho, estude seu mercado e coloque a mão na massa que tem tudo para funcionar.
      Desejo muito sucesso para você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.