Como fazer mini pizzas para vender

Já falamos aqui no Negócio de Cozinha sobre dicas de sucesso para ganhar dinheiro com pizza congelada, você viu? Foram dicas valiosas que ajudaram muitas pessoas! Por isso não poderíamos deixar de escrever um artigo sobre como fazer mini pizzas para vender, já que sabemos que a procura por esse alimento é grande.

O nosso país passa por um momento conturbado de crises. Grandes indústrias sem crescimento e como consequência o número de desempregados aumentou.  Apesar do cenário um tanto assustador, temos uma ótima noticia para te dar: o setor de alimentos não viu crises, ao contrário, é o setor que mais cresce anualmente no Brasil!

Como nós aqui do blog acreditamos fortemente no empreendedorismo como a melhor forma de você fugir dessa atual crise e mudar de vida, vamos ajudar você a unir o útil ao agradável te direcionando para começar seu negócio.

Nós brasileiros adoramos pizzas! Faz parte da nossa culinária e às vezes na correria do dia a dia as pessoas não tem tempo de parar e fazer uma refeição completa e por isso acabam recorrendo a alimentos rápidos.

É aproveitando essa oportunidade que tem muita gente ganhando dinheiro vendendo mini pizzas… Você não pode ficar de fora! É por isso que hoje vamos te ensinar como fazer mini pizzas para vender.

Mercado

É importante pesquisar o mercado antes de você começar a preparar mini pizzas para vender. O mercado de mini pizzas é amplo e é por isso que você precisa pensar bem antes de decidir por qual segmento vai seguir.

Você pode começar pela venda de kits de mini pizzas congeladas para parentes, amigos, empresas, ou pode oferecer por meio do delivery na sua região. Caso você prefira fazer as vendas de forma direta, uma boa opção é montar um carrinho de mini pizzas.

Analise bem os locais onde você fará as vendas. Preste atenção se nesses locais tem muita concorrência e se o fluxo de pessoas é grande. Os melhores locais, aqueles que indicamos são as portas de faculdades e onde tem um número grande de empresas.

Divulgação das mini pizzas

como fazer mini pizzas para vender

Saber como fazer mini pizzas para vender é somente um ponto de todo o negócio. É muito importante, por exemplo, que você trabalhe forte na divulgação do seu negócio. Para nós aqui do blog é justamente a divulgação uma das principais chaves para obter sucesso com a venda de seu produto! Comece a divulgar antes mesmo do inicio das atividades.

Você pode fazer isso criando páginas nas redes sociais, como o Facebook e o Instagram, com o nome do seu negócio de mini pizzas.  Procure seus potenciais clientes em páginas de locais próximos onde você vai iniciar seu negócio e siga essas pessoas para elas poderem te seguir de volta.

Acreditamos que a força das redes sociais hoje em dia é a melhor forma de você ser reconhecido rápido. Faça postagens de tudo que se relaciona com seu negócio e não se esqueça de sempre fazer promoções e divulgar isso.

Não esqueça também de utilizar as formas de divulgação tradicionais. Faça folders chamativos falando da inauguração, coloque informações como número de WhatsApp e endereço das redes sociais, crie uma promoção e coloque válido para o dia da inauguração.

Não se esquece da força do boca a boca, por isso peça para seus parentes, seus amigos e seus primeiros clientes para falarem de suas mini pizzas por aí. Para que isso aconteça é essencial caprichar no sabor e na qualidade do produto.

Outras ideias de negócios de cozinha para você

Como fazer mini pizzas para vender: Receita para te inspirar

Agora que você já pesquisou o mercado e começou a divulgar seu negócio chegou a hora de pensar na receita para preparar mini pizzas. Nessa hora uma dica valiosa que temos para te dar é a inovação! Inove nos sabores e crie recheios diversificados, para se diferenciar da concorrência e chamar atenção para o seu produto.

Hoje em dia a gourmetização de alimentos está na moda e chama muito atenção, que tal pensar nisso? Pesquise, ouse, crie! Iremos deixar uma receita simples de massa para você ter uma ideia para começar.

fazer mini pizzas para vender

Ingredientes da massa

  • 1/2 kg de farinha, ou até a massa soltar da mão completamente
  • 200 ml de água morna
  • 1 pacote de fermento granulado
  • 1/2 xícara (chá) de óleo
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1 colher (café) de açúcar

Modo de preparo da massa

Dissolva o fermento na água morna, junte o óleo, o sal e o açúcar, adicione farinha aos poucos, trabalhando com as mãos, até obter uma massa homogênea, se necessário, coloque mais farinha, trabalhe a massa por aproximadamente 15 minutos, até ficar lisa e soltando bolhas de ar.

Cubra a massa com um pano e deixa ela descansar por aproximadamente 40 minutos. Depois desse período, estique a massa e não abra ela muito grossa, pois ela cresce bastante o ideal é abrir mais ou menos 1/2 centímetros.

Corte e se você não tiver cortador use uma tampa redonda de panela pequena. Espere crescer mais um pouco depois coloque em uma assadeira untada e leve para pré assar por aproximadamente 10 minutos.

* Essa receita é válida para aproximadamente 30 mini pizzas

Após isso, o recheio fica por sua conta, vai depender da forma que você fará a venda. Caso você escolha vender elas congeladas, já deixe as mini pizzas prontas e se você for fazer a venda direta em um carrinho de mini pizzas, faça o recheio na hora da venda.

Os recheios mais utilizados são: frango, calabresa, bacon não se esqueça da mussarela e do catupiry. Capriche na montagem do recheio, ofereça bastante opções para seus clientes.

Investimento para começar

Um ponto positivo é que você não precisará investir muito para começar a vender mini pizzas, é um negócio que você pode começar com o que você tem em mãos, na cozinha de sua casa: “comece pequeno e sonhe grande!”.

Caso você queira ganhar mais dinheiro e tem uma grana para investir e não sabe como começar, indicamos para você um curso de como montar uma pequena fabrica de pizzas congeladas já que investir em conhecimento é a melhor forma para construir um negócio de sucesso.

Saber como fazer mini pizzas para vender com uma pequena fábrica é essencial para que você dê os passos corretos e evite de ter gastos desnecessários.

Com esse curso você vai saber todos os passos que precisa para iniciar o negócio, de forma a ter mais chances de sucesso. Veja abaixo alguns dos conteúdos que você vai encontrar no curso:

  • Equipamentos
  • Ingredientes para a massa
  • Processamento da massa
  • Tipos de recheios
  • Embalagem e congelamento
  • Cálculo de produção

Conheça agora mesmo o curso de como montar uma pequena fábrica de pizzas congeladas e comece a caminhar em direção à sua liberdade financeira e pessoal. Você pode o que você quiser e vender mini pizzas pode ser só o começo para isso.

Vender mini pizzas congeladas dá dinheiro?

vender mini pizzas dá dinheiro

Como mencionamos no começo do artigo, o setor de alimentos no Brasil não tem espaço para crise e quando falei de pizzas, eu particularmente não conheço ninguém que não goste. Óbvio que o sucesso do seu negocio dependerá exclusivamente de você, da sua dedicação, seus esforços e seu foco, mas o potencial é grande.

Vamos fazer uma pequena simulação para mostrar que vender mini pizzas dá dinheiro. O valor médio de uma mini pizza pronta para comer hoje é de R$4 e o custo para montá-la fica em torno de R$1,70 – R$2,00.

Se você vender 30 mini pizzas por dia trabalhando cinco dias na semana, terá um lucro no final do mês de R$1.200. É um bom valor!

Agora que você já sabe como fazer mini pizzas para vender, arregace as mangas e siga nossas dicas, temos certeza que com muita dedicação o seu negócio de cozinha vai bombar!

28 comentários Adicione o seu
  1. Bom dia. Esta sua conta de lucro está certa? Porque se você vende 30 pizzas a 4 reais por dia dá 120. Então, 120 x 5 dias dá 600. Portanto, num mês de quatro semanas, 600 x 4 = 2,400 reais de lucro.

    Estou errado?

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Bom dia Luiz.
      Na verdade não. Esse cálculo que você fez aí é com o valor total da pizza, sem tirar o custo que você teve.

      A Pizza custa R$4, mas eu tiro o valor do custo que tive que foi em torno de R$2. Sendo assim, o meu lucro em cada pizza é de R$2. Foi com essa base que fizemos o cálculo. Se eu vender 30 mini pizzas por dia, meu lucro é de 30 pizzas x R$2 (meu lucro, já retirando o custo) = R$60/dia. Na semana vai dar R$60 x 5 dias trabalhados = R$300. Multiplicando isso por 4 semanas (mês) dá R$1.200.

      Espero que tenha entendido.

      1. ÓTIMO ADOREI A DICA, EU E MINHA SEMPRE INVENTAMOS FAZEMOS BOLOS, TORTAS E EU CALCULO TUDO QUE GASTAMOS COM INGREDIENTES E EMBALAGENS E AINDA CALCULO UMA MÉDIA DO GÁS, DEPOIS DE TUDO ISSO TIRO O LUCRO QUE TIVEMOS

        1. Jéssica Trabuco disse:

          Ah que bacana Nane! É isso aí mesmo (:

    2. Sim, mas tira 2, 00 reais para montar a pizza, entao vc não vai ganhar 4, 00 reais e sim 2, 00. 2, 400 dividido por 2 é 1, 200

    3. Está pois ali foi dito 1200,00 de lucro e vc está contado o valor total arrecadado e não está descontando os 1,70 ~ 2,00 de gasto para fazer. Entendeu?

    4. Taissa Izabel De Oliveira Costa disse:

      mas da sua conta tem que tirar o custo né? lucro = valor vendido – custo

    5. Ele fez com valor de 1,70 de pizza congelada. O valor de R$ 4,00 já seria a assada para venda direta.

  2. Vania Carneiro disse:

    Boa tarde!
    Gostaria de uma ajudinha!
    Vou começar a vender as mini pizzas ….congeladas e tb as prontas andando na rua em postos de gasolina e etc….

    Só que eu tive a idéia de por dentro de uma cesta modelo de piquenique. …
    Mais como servir ao cliente?
    Digo …embalo em papel alumínio. ….Estou sem idéia!

    Me ajudem!
    Desde já agradeço!

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Oi Vania, tudo bem?
      Olha, vender a mini pizza pronta assim pode ser um problema, porque ela pode acabar esfriando, você não acha?
      Se você conseguir forrar a cesta por dentro com papel alumínio talvez você consiga manter a temperatura, é bom fazer o teste.
      Já as pizzas congeladas você precisa colocar em outro espaço, não perto das que estão quentes. As congeladas você pode entregar de acordo com encomenda.
      Você sai vendendo a pronta e fala das congeladas, deixa um cartão ou algo assim e volta para levar.

      Acho que é um caminho rs
      Espero ter ajudado!

    2. Olá só uma opinião. Seria melhor você levar as prontas em uma embalagem individual dentro de algo que mantém temperatura (isopor ou culler). Assim seria melhor. Espero ajudar.

      1. Jéssica Trabuco disse:

        Ajudou muito Vanessa! Obrigada pelo seu comentário 🙂

  3. Obrigada pela receita e as dicas!Já começo meu negócio hoje mesmo!tenho uma encomenda de 40 mini pizzas congeladas para uma lanchonete.

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Que maravilha Namara!
      Você não sabe como isso me deixa feliz!
      Todo sucesso do mundo para você 🙂

  4. Rose Oliveira disse:

    Boa tarde.

    Meu interesse é vender os kits, mas não sei como armazenar. Logo após rechear embalo no papel filme e tenho que congelar ou apenas colocar na geladeira?

    Obrigada.

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Depende do tempo que quer armazenar. Se for um tempo maior o ideal é que seja congelado mesmo, Rose.

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Aêee… Que banaca!
      Parabéns pela iniciativa e muito sucesso para você (:

  5. Rogelio Neto disse:

    Olá Jéssica Trabuco boa noite!

    Gostei muito das dicas passadas aqui e fiquei mais motivado. Pois, já faço pizzas em casa e nas festas da família e eles gostam muito, e estou desempregado à alguns meses e vi uma saída pro meu sustento . Hoje mesmo decide seguir este desafio de vida e quem sabe é a porta se abrindo para meu negócio próprio.
    Em breve mando mais novidades, Abraços! e Obrigado pelas informações!

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Poxa Rogélio, como eu fico feliz em saber que de alguma forma eu te ajudei!
      Eu sei que tem momentos que a gente fica meio perdido, mas às vezes só nos falta um empurrãozinho mesmo.
      Tenho certeza que se você se dedicar, acreditar e persistir nisso as coisas vão dando certo.
      Desejo toda a sorte e sucesso do mundo para você!
      Fico aguardando novidades!
      Um abraço 🙂

  6. Oi, eu queria começar tambem, eu queria vender nas portas de faculdade, mas como eu faço para aquecer? se eu deixar em um isopor ou algo assim, nao vai murchar?
    estava pensando em um forninho, mas infelizmente nao tenho carro…

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Um forninho seria o ideal Isis, mas uma outra opção é enrolar em papel alumínio.
      Nesse caso o importante mesmo é testar para ver se funciona, não dá para gente dizer assim.
      De qualquer sorte, espero que dê tudo certo!

  7. SILVANA BARBOSA BERGAMINI CORDEIRO disse:

    AMEI ESSAS DICAS DE COMO VENDER MIMI PIZZAS VALE MUITO A PENA DÁ DINHEIRO MESMO E MUITO.

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Fico feliz que tenha gostado, Silvana 🙂

  8. Jadilea Barros disse:

    Bom dia,
    Vou vender os kits, na porta de casa, para eventos enfim… Tenho algumas dúvidas:
    1. Após ter aberto a massa, precisa assar antes? Neste caso para vender em casa.
    2. O congelamento é feito individualmente? Neste caso também precisa assar antes ou não?
    3. Qual a validade?

    Amei o post!
    Estão de parabéns, tenho certeza de que vai ajudar muitas pessoas.
    Deus abençoe vocês.

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Oi Jadilea, tudo bem?
      O mais comum é pré assar a massa da pizza por uns três ou cinco minutos antes de congelar sim. Aí depois você deixa ela esfriar, monta ela com o que quer (de acordo com o sabor), cobre com aquele plástico filme (tire bem o ar) e pode ainda embrulhar com papel alumínio e colocar no congelador tudo junto. É importante identificar cada pizza, tá? Sobre a validade depende dos ingredientes que você usar, algumas duram cerca de 3 meses.

      Fico feliz que gostou do artigo, espero que ele te ajude!
      Que Deus abençoe a todos nós.
      Sucesso para você 🙂

  9. E qual seria o valor das congeladas ? 1 real ou 2 reais?

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Oi Vitorino, tudo bem?
      Isso depende muito.
      Primeiro você precisa saber o custo que tem em cada uma delas e também os valores que o pessoal trabalha aí na sua região, sabe? Para você ter uma média.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *