Como fazer cuscuz no pote para vender

Fazer cuscuz no pote para vender é bem simples e fácil! Você vai precisar de flocão de milho, água, sal e açúcar. Depois de feita a massa base, você ainda pode aproveitar alguns ingredientes para criar recheios e até coberturas. 

Abaixo eu vou te mostrar o passo a passo do preparo e ainda trazer opções de sabores e outras dicas que vão te ajudar a ganhar dinheiro com essa delícia! 

Receita de cuscuz no pote para vender


como fazer cuscuz no pote para vender

Ingredientes

  • 2 xícaras de chá de flocão de milho;
  • 1 xícara de chá de água filtrada natural;
  • 1 pitada de sal (como uma colher rasa de chá);
  • 1 pitada de açúcar (menos do que a de sal).

Modo de preparo

  • Primeiro despeje o flocão em uma vasilha, acrescente o sal e o açúcar e misture bem;
  • Aos poucos vá jogando a água e misturando com a mão de forma leve, sem amassar;
  • Deixe a massa descansar por 10 minutos;
  • Depois disso, despeje a massa na cuscuzeira também de forma leve. Não amasse na panela, vá jogando e deixando que ela se acomode e deixe no fogo por mais 10 minutos;
  • Seu cuscuz está pronto!

Ideia de recheio para o seu cuscuz

Abaixo eu vou te apresentar uma opção de recheio que costumo fazer para comer em casa mesmo, mas que pode te servir de base para criar outros. 

Tudo que você precisa é de manteiga, coentro, carne do sol em pedaços pequenos e bacon.

Observe o preparo:

  • Pegue o cuscuz pronto e despeje em um bowl e mexa para ele ir soltando;
  • Depois coloque uma colher de manteiga e mexa bem; 
  • Acrescente coentro picado, carne do sol e bacon já fritos em pedaços bem pequenos;
  • Mexa bem, verifique o sal e coloque nos potes. 

Invista em sabores que seu público aprova


Existem vários sabores de cuscuz no pote que você pode criar e aproveitar. Essa mistura com carne do sol e bacon é bem comum aqui onde moro, em Salvador, mas existem muitas outras que podem funcionar. 

Abaixo eu trouxe algumas opções que você pode colocar para o seu cliente, veja qual delas pode aproveitar por aí:

  • Salsicha;
  • Frango;
  • Fumeiro;
  • Carne seca;
  • Queijo;
  • Queijo Coalho;
  • Ovo (mas só no caso de o preparo ser para consumo imediato).

Além dessas opções de cuscuz recheado para vender, lembre-se que é possível também investir no cuscuz doce de tapioca. Ele também é muito querido, fácil de fazer e pode te trazer bons lucros. 

Eu já fiz aqui no blog um artigo especial dando várias dicas para fazer cuscuz de tapioca para vender e vale a pena você dar uma olhada. 

Para essa receita é preciso leite, tapioca, açúcar, leite de coco, coco ralado e leite condensado. Eu, particularmente, sou apaixonada por esse cuscuz e acho que ele pode ajudar muito o seu negócio.

Cuidado com os ingredientes da receita!


Não importa se você tem as melhores ideias, se usar ingredientes de baixa qualidade mesmo em uma receita de cuscuz com carne seca, por exemplo, seu negócio não vai tão longe. Por isso, tome muito cuidado na hora de fazer suas compras. 

No geral, o que você vai precisar é simples e barato e em uma ida a um mercado atacadista já é possível encontrar boas opções com bons preços. Só que dependendo da região e até da sua produção, talvez valha a pena fechar negócio com alguns fornecedores diretos. 

O negócio é: Faça vários testes, calcule seus custos, prepare receitas e veja qual é a melhor forma de entregar qualidade e sabor ao seu cliente, tendo uma margem de lucro satisfatório. 

Compre boas embalagens


A embalagem de cuscuz no pote mais comum é a redonda de plástico. Ela tem variações de tamanho e você pode trabalhar com uma porção menor para uma pessoa e uma maior para duas ou até três. 

Além dessa opção, acho que ainda dá para usar aquelas embalagens de isopor e até marmitinhas.

Para definir a melhor embalagem é preciso avaliar a forma que irá vender, o tempo de transporte e até a apresentação que pretende oferecer ao seu cliente. Eu, particularmente, acredito que a de plástico é o melhor caminho. 

Lembrando que independente da sua escolha, o alimento precisa estar em um recipiente todo vedado, limpo, sem rasuras ou amassos. 

Além disso, é preciso informar a data de fabricação, a data de validade do cuscuz (que costuma ser de três dias) e os ingredientes utilizados. Não esqueça de acrescentar a sua marca e todos os meios de contato possíveis. 

Divulgue o seu produto para todo mundo


receita de cuscuz no pote para vender

Vendendo em casa ou em um ponto estratégico na rua, o que vai te fazer ganhar dinheiro com isso é a sua capacidade de chamar a atenção das pessoas. Seu primeiro foco deve ser em oferecer o melhor cuscuz, mas o segundo deve ser o de apresentar ele para o maior número de pessoas. 

Existem várias coisas que você pode fazer para aumentar sua popularidade e eu trouxe algumas delas para te inspirar:

  • Crie minis cuscuz no pote para oferecer a pessoas conhecidas ou que morem próximo de onde você vai trabalhar;
  • Monte o seu perfil no Instagram e poste conteúdo diariamente, principalmente mostrando fotos lindas do seu cuscuz para deixar todo mundo babando;
  • Crie promoções e faça sorteios;
  • Mande kits do seu produto para personalidades da sua região;
  • Peça que clientes postem foto do produto nas suas redes marcando seu perfil;
  • Fale do seu negócio para todo mundo que conhece.

Comece em casa com pouco dinheiro


Eu só vim te mostrar como fazer cuscuz no pote para vender hoje porque essa opção além de ser lucrativa, não exige um grande investimento e te permite começar dentro de casa. Sei bem que as coisas não estão fáceis e quis te apresentar uma alternativa rápida para começar o seu trabalho. 

Com cerca de R$100 você já consegue fazer a sua primeira leva de ingredientes e embalagens. A partir daí o negócio vai crescendo e você vai tendo mais resultados. 

Agora é com você!


Depois de aprender uma receita de cuscuz de milho no pote para vender e conhecer tantas dicas importantes, eu acho que vai ser mais fácil começar o seu negócio com o pé direito e ter bons resultados. 

Espero que eu tenha te ajudado de alguma forma e que você tenha muito sucesso. 

Um abraço e até mais!

2 comentários Adicione o seu
  1. THAYANE YASMIN A SANTOS disse:

    Bom dia, sempre precisamos de pessoas assim como você, e no atual momento cada vez que seres humanos maravilhosos disponibilizam um tempo para agregar conhecimentos aos que tem dificuldades, quer seja financeiras ou intelectual é algo Divino. Muito obrigado em nome de todos afetados por essa terrível e traumática PANDEMIA que tirou a vida de tantos seres humanos e deixou sequelas em outros tantos. PARABÉNS!!!!

    1. Jéssica Trabuco disse:

      Oi Thayane, poxa, muito obrigada! Seu comentário me deixou muito emocionada.
      Realmente estamos vivendo em tempos difíceis e eu acho que é o melhor momento para nos ajudarmos e colaboramos com os outros.
      Fico feliz que o artigo tenha servido para você e espero que ajude muita gente, esse é o meu objetivo aqui.
      Se cuide, fique bem e sucesso!
      Um abraço 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *